Aos amigos de ontem e de hoje


Dizem que AMIGOS VERDADEIROS podem passar longos períodos sem se falar e jamais questionar essa amizade. Quando a gente se encontra, independente do tempo e da distância, parece que nos vimos ontem, e nunca guardamos mágoas ou rancor. Entendemos que a vida é corrida, mas que nossa amizade e amor são eternos.
(Eu fiz uma paráfrase deste escrito, e procurei muito, mas só o encontro como autor desconhecido).

Quando li esse escrito, passou um flash na minha memória de todas as pessoas maravilhosas que conheço/conheci e que hoje não fazem mais parte da minha rotina, mas sei que no momento em que a gente se encontrar vai vir um sentimento bom, sincero e uma nostalgia de um tempo que passou.

Eu e o Ronei, às vezes ficamos conversando e contando causos do passado, contando de coisas engraçadas que vivemos com determinados amigos, e parece unânime que todas as pessoas tenham aquele amigo especial que não está no seu convívio, mas que no momento de um possível reencontro, toda a amizade é retomada, como se nunca tivesse havido uma distância física ou temporal.

Quando encontramos esses amigos, não importa quanto tempo faz que nos vimos, a conversa flui, seja sobre lembranças do passado ou de um tema solto no ar, em que todos podemos dar um pitaco e boas risadas conversando sobre.

E tem coisa mais gostosa do que uma amizade sem cobrança, sem egoísmo. Amigo é aquele que entende quando você vai antes da festa acabar, mas que diz um “tá cedo” gentil. Uma expressão simples, mas que nos dá a sensação de um eterno “você será sempre bem-vindo”.

Para esses meus amigos, tenho uma coisa a dizer: Senta, que vou passar um café quentinho pra gente!


café quentinho e bolo na mesa

Imagem: Google

Anúncios

A nossa casa

Eu e meu namorado compramos uma casinha, ela ainda está na fase de construção, fica pronta em 2012. Todos os dias dou uma passeada entre blogs de decoração e a cada momento me apaixono mais por coisas simples e com cara de feitas em casa!

Minha mãe, antigamente fazia muitas coisas, quadros, jarros e era lindo de se ver. Hoje o tempo está escasso e ela trabalha tanto que em casa não pensa mais em fazer, criar, compra feito, se der para comprar.

Eu quero ter e manter esse hábito, espero que nossa casinha seja um cantinho cheio de aconchego e com nossa cara, quero que o Ronei dê o toque dele e eu o meu. Quero ver bonequinhas entre super heróis, quero ver quadros liberty entre quadros com imagens impactantes.

Visitando vários blogs, vejo que não é dinheiro que faz uma boa decoração (ajuda muito), mas sim o toque especial dos donos, dos habitantes daquele espaço. O caro é comprar a casa, decorar deve ser uma coisa gostosa de fazer, cada pequeno espaço deve ter aquele aconchego delícia de abraço de namorado, sabe?

É isso que espero do nosso lar, um lugar que tenha a nossa cara, que seja o refúgio de todos os males e problemas, que seja o abraço no fim do dia, a nossa casa é o que somos, é uma extensão da gente.

aconchego

Imagem

E o marketing ataca nossas vidas …

Ela, está terminando o TCC, assunto: Biblioteconomia e Marketing nas Redes Sociais, a favor da primeira.

Ele, está bolando uma NEWSLETTER para a empresa,assuntos os mais diversos.

Só quando a gente se depara com diversas situações é que vamos dar valor a certas coisas que perdemos nas nossas épocas de ouro de estudantes (ainda somos), quando fiz o curso de Gestão em Sistemas de Informação, não tinha dado tanta importância às aulas de Marketing e Comunicação Empresarial. Mas de bom aluno que era, sempre deixava meus estudos em dias, por mais que não gostasse ou achasse inútil, sempre havia um texto interessante por ali e dava uma lidinha.

Pois bem, agora estamos nós, os dois precisando de tudo aquilo que vimos e não demos importância na época. Mas aprendemos que o Marketing é agradável se bem estudado e melhor ainda se bem utilizado. E não, não pretendemos estudar para virar consultores de Marketing, quem sabe um dia, mas sim para termos as noções básicas de aplicações no nosso dia-a-dia e não ficarmos totalmente perdidos em momentos como esses.

Bem, agora vou voltar aos trabalhos, foi esse mais um post para validar o nome da nossa page “bastidores de nós dois” e também com a moralzinha de que não subestimem o conhecimento, um dia ele pode ser importante, não importando qual tema seja.

Escova o quê???

Para quem não sabe, eu faço escova redutora, fiz a 4º vez há 4 meses e pretendo parar. Como sou desconfiada, nuca fiz de 4 em 4 meses como as cabelereiras indicavam, fazia sempre um intervalo de 6 a 8 meses. Meu cabelo está bom, como nunca foi, mas a que preço? Para quem não sabe, ou não acredita, escovas redutoras tem formol sim, se alisa perfeitamente, como uma chapinha, tem formol ou algo pior (glutaral). Para entender sobre essas escovas tem um texto bem explicativo no blog da Carla, Eu amo cabelo.

Há 3 anos atrás eu vivia com cabelo preso, (com piranha, liga) nunca usava solto, escova e chapinha não durava meia hora, aí chegaram as escovas progressivas, redutoras, definitivas, marroquinas… (insira o nome da escova aqui) e eu aderi. O resultado, como disse antes, é bom, cabelo lisinho, sem necessidade de chapinha ou secador, mas até quando e a que preço?

O preço que se paga é a saúde, tenho rinite alérgica e não posso por minha saúde / vida em risco por causa de beleza. Então, vou tratar meu cabelo, hidratar bastante, manter o corte em dia, e se um dia ele se recuperar das agressões que passou, pode ser que se necessário, eu tente alisar com um alisamento / relaxamento sem formol, se não precisar, ótimo, uma vida sem química deve ser um sossego para o cabelo e para o bolso. Espero que mais pessoas abram os olhos sobre essas escovas mágicas. Eu abri meu olho e não fecho mais, enquanto se tratar do meu corpo e da minha saúde.

Guia para o Dia dos Namorados – Para ela

Dia 12 se aproxima e eu sei por experiência própria do meu namorado que a maioria dos homens só compra o presente da namorada na última hora, e é nessa terça feira da semana do dia dos namorados que resolvi fazer esse post, para tentar dar um help aos Rubinhos. Alguns homens pensam que mulher é tudo igual, e que se a namorada do fulaninho gostou de ganhar a hello kitty, a dele também vai gostar e é aí que começa o erro.

Mulheres até podem ter afinidades de gostos, mas nunca, NUNCA são iguais. Tem mulher que gosta de ganhar roupa, tem mulher que odeia, tem mulher que gosta de ganhar pelúcia, tem mulher que tem pavor de pelúcia.
E aí vocês se perguntam: Que caráleos eu dou pra minha namorada, então?

Calma! Vamos voltar a premissa do tempo que se conhecem. Se você acabou de começar um namoro, mas não quer deixar passar em branco, tem que dar algo simples, que combine com a pessoa, e se você errar, nem tem tanto problema, porque no comecinho é mais complicado, mas mesmo nos primeiros meses, tem como descobrir coisas sobre sua namorada!

A má notícia é que não tenho como dar um tutorial de como não fazer feio no dia dos namorados, porque as mulheres são muito diferentes. Minha dica é, preste atenção ao que ela diz, ao que ela usa, ao que ela assiste, ao que ela veste/calça e aos acessórios que complemetam o look dela.

Quando vocês vão ao shopping, você diz: Amor, pode ir ver suas coisas que fico aqui tomando um chop! Ou você acompanha ela? Se você fica tomando chop, sinto muito, mas você perdeu a melhor chance de conhecer um pouquinho do gosto da sua namorada. Agora, o namorado que acompanha a namorada, sabe qual cor ela prefere, qual acessório não pode faltar para ela, se ela gosta mais de short ou saia. São coisas pequenas, que ela comenta ao parar em frente a uma vitrine, esses comentários, contém dicas, dicas ótimas.

Não adianta eu postar: Não dê flores, flores são brega. Tem mulher que ama receber flores. Não é o meu caso, mas tem. Eu ganhei pelúcias, mas estilosas, nada de ursinhos e gostei muito, mas tem mulher que odeia, e pode ser alérgica também. Muito cuidado também com bijuterias, embora umas sejam lindas, muitas mulheres são alérgicas. Se quiser dar, pode tentar prata ou ouro (mas isso também pode dar alergia, tá). Essa dica também vale para pelúcia, perfumes e cremes.

Antes que alguém cometa essa loucura, não dê lingerie. Não que ela não vá gostar, mas as lojas não trocam lingerie em hipótese nenhuma, imagina se ela não gosta da cor, ou pior, a lingerie não cabe. Que chato, heim!

Se você namora há mais de 1 ano e é um namorado presente, certamente sabe o gosto de sua namorada e vai acertar em cheio nessa data, se você começou a namorar agora e não quer errar, que tal uma volta ao shopping com a namorada, prestando atenção, você vai entender um pouco mais sobre ela e ainda vai surpreender com aquela coisa legal que ela ficou olhando na vitrine.

E não esqueçam de ficar lindos e cheirosos para a namorada e marquem/planejem algo legal. E fujam das filas, okay!

ô Ana Júliaaaaa

Olá!

Ontem pudemos finalmente visitar a garotinha mais nova do pedaço: a linda Ana Júlia, filha dos amigos Wilma e João Paulo (vulgo Blackout). Digo finalmente porque nossos planos para esta visita eram antigos porém tivemos praticamente um mês de gripe, quando não era eu, era Páua, não fazendo assim oportuno ir visitar a recém-chegada.

Lamento não termos tirado fotos, a Páua sempre esquece a CAM/nunca anda com a CAM, que ao seu 1 mês e 12 dias já fora comer sua primeira pizza, aqui mesmo no bairro.

Ainda fomos a casa deles para buscar algumas coisas básicas para a bebê, já que dormiriam na casa da mãe do J. É interessante como aumentam o número de coisas “a carregar” quando se tem um bebê, o cara tem que ter uma van para carregar o suficiente, caso contrário sempre falta algo. Na oportunidade, J me mostrou a reforma que fez no quarto para chegada da Ana Júlia.

Tudo caprichosamente em seu lugar, bem arejado, pintado como a filhinha merece.  Eu só tenho que dar aos amigos os parabéns por mais um grande passo que deram, muitas felicidades e cheers a lindíssima Ana Júlia.