Tengo lengo tengo

Há alguns dias, compartilhei um link no FB, e esse link falava da vocalista Solanja da banda aviões do forró, que depois de uma cirurgia bariátrica, perdeu mais de 50 kilos e com sua alto estima nas alturas, acabou mudando outras coisas para melhor. Um colega do meu namorado, comentou no link dizendo: “Quem?”. Eu fiquei chateada, pois mesmo não conhecendo uma música, conheço a banda, até porque até em comercial de cerveja a banda já apareceu, e morando no Piauí, seria impossível não conhecer.

Solange antes e depois


Quando eu vi o comentário, quem? senti um tom depreciativo e fiquei realmente chateada. A minha intenção era mostrar a mudança da cantora, não exaltar a banda, mas nem por isso tolerei, e acabei sendo um tanto ríspida com ele, o que me arrependo. Não sou fã do forró mais “moderno”, mas gosto do ritmo e acho que todo nordestino deveria respeitar sua raiz, não precisa ouvir, não precisa dizer que gosta, mas tem que respeitar.
rala coxa
Na verdade, o respeito é para todos os ritmos, se você mora do Piauí e gosta de metal, já deve ter visto muita cara torcida por aí, certo? Então, o respeito é para todos. Eu não consigo dizer que gosto de estilo tal, pois misturo muito, mesmo que seja de variantes do rock, ainda é uma mistura. Vou de MPB a rock alternativo fácil fácil!

Mas não é por meu gosto ser variado, que eu gosto de tudo. Tem muita música que detesto. Algumas vezes rola até implicância com cantor(a), não é que seja ruim, mas o santo não bate, acontece… Por exemplo, eu não gosto da Paula Fernandes, ela tem uma voz excelente, é bonita, sim, mas não simpatizei, é karma, é pra sempre! Ao contrário de Pato Fu, que sou fã, tem quem odeie, quem ache a Fernanda Takai a pior cantora do universo, mas eu gosto, das letras, da voz, simpatizei, é karma, é pra sempre! E tem o gosto e senso crítico de cada um, onde eu posso dizer: Não gosto de música “tal’ porque ela é ofensiva nisso, ou porque ela é ruim, ou a letra é boa, mas a melodia não ficou legal. Isso é normal, e não é desrespeitoso, é uma opinião!

Voltando ao forró… Cresci ouvindo Gonzagão, meu avó tinha alguns LP,s e o “xinon xinon” como ele chamava, embalou minha infância, e ainda hoje, acho que ele é o melhor cantor do ritmo, não vou delimitar se é pé de serra, baião… é forró!

Para finalizar, vou deixar o link da minha música preferida do rei do baião: A morte do vaqueiro, que atualmente está sendo regravada por muitas bandas de forró! Não deixo do aviões porque realmente não conheço nenhuma, mas digo uma coisa: Riquelme na batera! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anúncios

Um comentário sobre “Tengo lengo tengo

  1. Concordo com voce, somos nordestinos e temos que valorizar o que é nosso. Se não nos valorizamos quem vai valorizar. Eu amo o forró, tenho orgulho de ser nordestino e paraibano.
    Luiz Pereira
    Caturité Paraíba

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s