Com você meu mundo ficaria completo…

Com você meu mundo ficaria completo… Neste mesmo dia do próximo mês, mais um ano desse amor maravilhoso que muito nos ajudou a crescer na vida, nos deu expectativas e realizações, devo muito do meu eu a você, obrigado pela incansável força e disposição. Que venham os novos horizontes.

♪♬ O problema é que eu te amo
Não tenho dúvidas que eu queria estar mais perto
Juntos viveríamos por mil anos
Por que o nosso mundo estaria completo ♪♬

Da origem de Jon Snow – teorias…

É a segunda vez que vejo essa explicação para a misteriosa origem de Jon Snow

 -Ned Stark esteve aqui?
-No alvorecer da Rebelião de Robert. O Rei Louco exigiu que o Ninho da Águia lhe mandasse a cabeça de Stark, mas Jon Arryn respondeu, desafiando-o. Apesar disso, Vila Gaivotas permaneceu leal ao trono. Para chegar em casa e convocar seus vassalos, Start teve que atravessar as montanhas até os Dedos e encontrar um pescador que o levasse através da Dentada. Uma tempestade os pegou no caminho. O pescador se afogou, mas sua filha trouxe Stark para as Irmãs -“para os que não sabem Ilhas Três Irmãs” em Dentada, próximo a Porto Branco- antes que o barco afundasse.DIZEM QUE ELE A DEIXOU COM UMA SACOLA DE PRATA E UM BASTARDO NA BARRIGA. JON SNOW, ELA O CHAMOU, POR CAUSA DE ARRYN.

Apesar de ter ligo essa explicação 2 vezes, já li também algo sobre ele ser filho da irmã de Ned Stark, Lyanna, que antes de morrer deixou a ele um pedido para que cuidasse de seu filho como se fosse dela. Porém pelas caracteristícas fisícas de Jon, não creio que ele seja um Targaryen, isto é, filho de Rhaegar que a raptou… E aí? Que comecem as teorias…

 

Jon-Snow-S3

 

Só para lembrar a turminha que vota no Elmano…

Só para lembrar a turminha que vota no Elmano…

É, a integração saiu, capenga, inexata e até mesmo de difícil compreensão do usuário, mas saiu. O candidato e prefeito Elmano se bajula de tê-la feito, mas não fala das desgraças que aconteceram para que ela existisse…

Dos riscos de se andar despreocupado…

Caros, não é com prazer que venho dividir este fato acontecido logo mais cedo à minha pessoa, mas que sirva de alerta a todos que lerem.

 

Enfim, era aproximadamente 7:30 da noite, ali no balão que liga a av. Miguel Rosa com a BR-343, rumo ao terminal rodoviário. Quando ao sinal fechado, parei minha moto e logo ao lado, muito próximo a mim, parou outra moto -que inclusive eu havia ultrapassado. Nela estava o piloto com um capacete branco, sem viseira, desses de modelo de Cross, camisa de botão aberta estilo “surfista” e no passageiro um estranhíssimo de camiseta regata, várias tatuagens daquelas caseiras e uma cara de “noiado”. 

Logo percebi uma certa impaciência no piloto ao sinal por ficar acelerando desnecessariamente a moto e folgando um pouco a embreagem, ficando cada vez mais próximo às minhas costas pela esquerda. Daí já me chamaram mais a atenção, quando passo a nota mais, vejo pelo retrovisor a forma como o passageiro estava a olhar minha mochila – que diga-se de passagem, só anda cheia ou ao menos com o aspecto de cheia. O cara parecia mais inquieto que o parceiro piloto e a cada vez mais fixar o olhar na minha mochila, como se estivesse procurando algo nela.

De forma diligente, passei a adiantar a moto mais a frente para ver até onde eles iam e vi que eles continuavam a encostar, isto é, quanto mais eu tentava abrir distância, mais o passageiro se mostrava inquieto e o piloto tentava encostar. Sem vacilar, arranquei a moto, saí a cortar os carros e ultrapassei sinal vermelho adentro, afim de sumir da vista daqueles dois.

Pois bem, o meu maior intuito em narrar esta história é mostrar que devemos estar atentos onde quer que seja aos perigos que nosso mundinho nos propõe. Não digo, como alguns representantes da segurança pública aconselham, que deixemos de usar nossos bens ou andemos com eles escondidos por medo de assalto, pois se for para se viver assim, não vale nem a pena tê-los. No entanto, deve-se ser cauteloso ao usá-los, digo, andar acendendo a telinha do celular, tem gente com aquela mania de viver acendendo a tela (sim, já vi muita gente com esse problema!), pessoas que andam mordendo seus colares de ouro ou bijou douradinhos (“para quê morder?”) e por aí vai.

Felizmente, sempre ando atento a este tipo de situação, poucos dias atrás, estava no portal da casa da minha menina e tinha reparado em um cara estranho que estava “falando” no celular, isso umas 6:30 da tarde, daí que saí da casa dela umas 10:30 da noite e o cara ainda estava lá, “falando” no celular e no mesmo lugar, na porta da garagem dos dois blocos – o da minha namorada e o vizinho. E lembro de sair dizendo para ela: “Amor, esse cara ainda vai aprontar uma, entra na sua casa e tranca tudo!”. 

Dito e feito, no dia seguinte soubemos que ele invadiu a casa de uma vizinha dela e assaltou notebooks, relógios e outras coisas pessoais.

Imagem

E no fim de semana passado, eu e Páua, salvamos a casa de uma das vizinhas dela, sem querer, mas salvamos!

Chegamos em casa aproximadamente umas 1:30 da manhã, enquanto ela abria o portão para eu por o carro, parecia haver um assaltante tentando romper as grades de uma vizinha, porém, assustado ele correu e deixou lá o serviço pelo meio caminho, na manhã seguinte soubemos da notícia ao sair para comprar refrigerante na mercearia próxima e lá a dona falou que o vizinho comentou que o ladrão desistiu no momento em que alguém chegou e pôs o carro na garagem, como dito antes, esse alguém éramos eu e Páua.

 

Por fim turma, está dado o recado, com casos, exemplos e tudo mais, vamos tomar cuidado e não dar vantagem a esses larápios e que continuemos sonhando com um dia em que o nosso país terá medidas justas para punir e evitar este fato triste que faz parte do cotidiano de todos nós, começando por tirar os ladrões superiores que fazem leis para proteger a categoria.

 

Imagem

 

STAY HEAVY!

Da sorte e outros fragmentos…

Talvez eu nunca tenha dito, mas eu sou um cara sortudo, tenho comigo uma grande mulher e como já estava dito: “Atrás de todo grande homem existe uma grande mulher“.

Nos bastidores: seguimos atualmente com nossos grandes planos e caminhando para obtermos sucesso neles. Todavia, primeiro estamos “preparando o campo”, saldando velhas pendências para que possamos começar nossas pendências já de casa, já que nossas pendência são praticamente em comunhão.

Uma das coisas que fico mais impressionado com o amor, é como ele nos deixa necessários um ao outro. Sem ela – minha menina- perco o controle, a calma, a paciência, a atenção, perco o chão. Sempre que estamos bem, é aquela mágica, o dia passa rápido, a semana inteira passa rapidissíma, tudo dá certo e parece que o mundo está torcendo para eu ir encontrá-la. Se temos algum problema, o dia inteiro vai mal, vem aquele aperto chato no peito, aquela dor de cabeça que por mais remédios que você tome, não passa, marcando sempre na sua cabeça: “é a falta dela!”.

“É exatamente assim que fico sem ela”

Pois bem, contudo meus amigos, ser o sortudo em tê-la não é o suficiente para tê-la a vida inteira, então cabe a nós, amantes e amados, cuidarmos bem dessa pessoa que é tão necessária para nossa convivência social e sanidade mental. Tem de ser atencioso, prestar mais atenção também as necessidades dessa pessoa, afinal não é uma relação unilateral, não é apenas VOCÊ que precisa dela ali, ela também precisa de você, seja o que for, por mais que tenha tudo, se está com você  – e se isso já faz um bom tempo, é porque de alguma forma precisa.

Sabe, a sorte não estar apenas em achar uma pessoa bonita, com quem você se sinta bem em estar de mãos dadas, a sorte maior é achar alguém com caráter, achar alguém com vergonha própria e respeito por si e pelo seu companheiro. Masculinamente falando, ter uma mulher ao lado hoje em dia, não há dificuldade nenhuma, não tenho o mínimo intuito ofendê-las mulheres -a não ser que a carapuça sirva, temos mulheres disponíveis em toda parte,  se não, se põe a disponibilidade em um segundo. Difícil mesmo é achar uma mulher que esteja dedicada, que seja fiel e adoradora apenas da pessoa que ama e se você tem uma ao seu lado, cuide meu amigo! Cuide com todo o seu dispor, pois a sorte fez a parte dela pondo-a em seu caminho, faça você a sua.

“Estou contigo e não abro, minha menina!”

Ame-a, agrade-a, cuide muito bem de seu amor, não precisa ser com produtos de alto-custo. Gestos simples, pequenas demostrações, sorrisos sinceros agradam bem mais que isso. Apesar de que atualmente existam inúmeros casais que persistem pela necessidade material -leia dinheiro e sustento, antes das necessidades do coração, mas ali não há alegria quando um está ao lado do outro e sempre um dos dois lados tem sempre um motivo para que não estejam juntos, os sorrisos nunca são sinceros.

Para finalizar só quero deixar dito que:

“Amor, sou muito grato por você e ao todo que dispões a mim, sem oferecer dificuldades, obstáculos ou má vontade, pois tudo que fazes, sei que é de coração, sem nada pedir em troca. Humildemente, quero dizer que te amo e  sem você viver é foda!”  – da arte de estragar tudo no fim, original da personalidade masculina.

Coisas de casa…

 

É com muita alegria, que pela primeira vez, venho expor a nossa casa. Estamos felizes e otimistas – mesmo já cientes dos dispêndios que teremos- com a nossa nova conquista.

No entanto, agora é que vai começar a mobilização para mobiliação do imóvel, sem contar que antes temos que acertar alguns detalhes na casa e tomar providências quanto a outros de extrema importância, tanto para o conforto, quanto para a segurança.

No mais, meu objetivo neste post é dividir com meus nobres amigos, aos que estão longe e aos que estão perto, mas distantes, a novidade e alegria.

Lamento muito pela nossa falta de tempo para encontrar a todos e contá-los um a um a boa nova, porém usamos dos veículos de nosso tempo e disparamos em massa.

Espero, juntamente com minha menina Páua, encontrá-los em breve e poder lhes dizer: “Fica, vai ter bolo!” 😉