Com você meu mundo ficaria completo…

Com você meu mundo ficaria completo… Neste mesmo dia do próximo mês, mais um ano desse amor maravilhoso que muito nos ajudou a crescer na vida, nos deu expectativas e realizações, devo muito do meu eu a você, obrigado pela incansável força e disposição. Que venham os novos horizontes.

♪♬ O problema é que eu te amo
Não tenho dúvidas que eu queria estar mais perto
Juntos viveríamos por mil anos
Por que o nosso mundo estaria completo ♪♬

Anúncios

Tengo lengo tengo

Há alguns dias, compartilhei um link no FB, e esse link falava da vocalista Solanja da banda aviões do forró, que depois de uma cirurgia bariátrica, perdeu mais de 50 kilos e com sua alto estima nas alturas, acabou mudando outras coisas para melhor. Um colega do meu namorado, comentou no link dizendo: “Quem?”. Eu fiquei chateada, pois mesmo não conhecendo uma música, conheço a banda, até porque até em comercial de cerveja a banda já apareceu, e morando no Piauí, seria impossível não conhecer.

Solange antes e depois


Quando eu vi o comentário, quem? senti um tom depreciativo e fiquei realmente chateada. A minha intenção era mostrar a mudança da cantora, não exaltar a banda, mas nem por isso tolerei, e acabei sendo um tanto ríspida com ele, o que me arrependo. Não sou fã do forró mais “moderno”, mas gosto do ritmo e acho que todo nordestino deveria respeitar sua raiz, não precisa ouvir, não precisa dizer que gosta, mas tem que respeitar.
rala coxa
Na verdade, o respeito é para todos os ritmos, se você mora do Piauí e gosta de metal, já deve ter visto muita cara torcida por aí, certo? Então, o respeito é para todos. Eu não consigo dizer que gosto de estilo tal, pois misturo muito, mesmo que seja de variantes do rock, ainda é uma mistura. Vou de MPB a rock alternativo fácil fácil!

Mas não é por meu gosto ser variado, que eu gosto de tudo. Tem muita música que detesto. Algumas vezes rola até implicância com cantor(a), não é que seja ruim, mas o santo não bate, acontece… Por exemplo, eu não gosto da Paula Fernandes, ela tem uma voz excelente, é bonita, sim, mas não simpatizei, é karma, é pra sempre! Ao contrário de Pato Fu, que sou fã, tem quem odeie, quem ache a Fernanda Takai a pior cantora do universo, mas eu gosto, das letras, da voz, simpatizei, é karma, é pra sempre! E tem o gosto e senso crítico de cada um, onde eu posso dizer: Não gosto de música “tal’ porque ela é ofensiva nisso, ou porque ela é ruim, ou a letra é boa, mas a melodia não ficou legal. Isso é normal, e não é desrespeitoso, é uma opinião!

Voltando ao forró… Cresci ouvindo Gonzagão, meu avó tinha alguns LP,s e o “xinon xinon” como ele chamava, embalou minha infância, e ainda hoje, acho que ele é o melhor cantor do ritmo, não vou delimitar se é pé de serra, baião… é forró!

Para finalizar, vou deixar o link da minha música preferida do rei do baião: A morte do vaqueiro, que atualmente está sendo regravada por muitas bandas de forró! Não deixo do aviões porque realmente não conheço nenhuma, mas digo uma coisa: Riquelme na batera! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Amy Winehouse

Muitos dizem que ela procurou (o que não deixa de ser verdade), outros repudiam, outros viram fã por uma notícia (morte), milhares de fãs de Amy apareceram, de ontem para hoje.

Não sei se acho ridículo, se acho normal. Conheço quem gostava de Amy, conheço quem usava Amy como esteriótipo de piada, e conheço realmente poucos que gostavam da voz de Amy, das letras e do soul, estilo musical da cantora.

Eu gosto das músicas e letras dela, a conheci por seu segundo disco, Back to black, só ouvi Frank, seu primeiro disco, muito depois de Back to black, meu preferido!

Lembro dos romances de Amy, dos escândalos e de suas fotos espalhadas em blogs “humorísticos” por aí… Tudo era piada, o cabelo (muito copiado) era piada, o traço do olho (muito invejado) foi piada, e seu problema com alcool e drogas, foi piada! Todas essas “piadas” venderam jornais, deram audiência, encheram os bolsos de muitos!

Sua linda


Apesas de sua morte prematura está sendo associada a artistas que morreram aos 27 anos, como Kurt Cobain, Janis Joplin e Jim Morrison, eu fiz uma associação a Michael Jackson. Obviamente, não estou falando da bagagem musical, afinal, Michael cantava (muito bem) desde criança e morreu aos 50 anos, para mim, também muito jovem. Em quantos escândalos ele esteve envolvido? Como (também) venderam jornais as custas dele e como foi comentada sua morte (por overdose de remédios). Até Michael teve fãs instatâneos, do anuncio de sua morte ao lançamento de aclamado “this is it”, milhares de fãs surgiram. Eu gostava de algumas músicas e achava que ele tinha presença, mas nunca fui fã! Mas ele foi e continua sendo uma forte influência musical.

Amy embalou uma fase de amadurecimento musical para mim. Não tentem entender isso, só funcionou comigo!

Não posso dizer que sentirei falta, pois ela tinha lançado apenas 2 álbuns, eu queria mais! Acredito que estava trabalhando em um novo, mas em meio a tantos tormentos, não saiu… Mas sei que Amy, com todos seus defeitos tão expostos, vai influenciar positivamente muitas vozes femininas, mulheres que cantarão suas dores, seus amores, seus dissabores! É isso que quero ver e ouvir, é nisso que estava seu talento e é disso que gosto!

Quero cantoras que cantem suas dores, que não mascarem seus defeitos, que não queiram ser mais do mesmo! Não me venham com cantoras perfeitas e suas músicas cheias de fórmulas prontas!