Mês de junho, sumiço e amenidades

Tomei um chá de sumiço aqui no blog, mas foi por uma causa “nobre”, me formei! Queria dizer que isso nao me trouxe uma grande vantagem, mas a verdade é que não sinto isso! Fiz apenas colação de grau e descerramento da placa, passei mais raiva do que posso descrever com a empresa que prestou “serviço” a turma, mas no final, tudo deu certo, comemorei em casa, com um churrasco com a família e os amigos mais próximos e essa parte foi bem boa, daí o sumiço no mês de abril, o sumiço do mês de maio foi falta de motivação mesmo!

E chegou aquele mês que todas pira, mês dos namorados… Mas não vou falar em presentes, já dei dicar de presentes para eles aqui e para elas aqui, as ideias continuam válidas e podem ser adaptadas a realidade de muitos casais!

Esse ano to com tantas coisas na cabeça, além de não tá trabalhando, (isso tem me tirado do sério) que não to ligando nem para dia dos namorados, como em todos os anos anteriores! Quero mesmo é que junho acabe, ou melhor, quero mesmo que chegue agosto, porque até meu aniversário eu to passando! Acho que com tantos problemas, algumas coisas se tornam bobas e piegas! Mas não é que eu não goste de aniversários e datas comemorativas, eu adoro, mas esse ano, esse mês, essa noite, eu não quero saber de nada disso!

A vida tá puxada demais para o Ronei, trabalho, seguido de faculdade e fim de período aperreado, e puxada de menos para mim, sem emprego e sem estudar, formatura é o começo do desemprego, quando você não tem nem a opção de colocar “estudante” como profissão e sério, a minha área anda me desapontando a cada dia, a cada concurso que não aparece!

Desabafo? Mimimi? Pode até ser! Mas hoje eu tô pra lá de Bagdá e não quero nem saber o que caralhos vai ter no festival de inverno de Pedro II, quer saber!

Quero relaxar e ver se essa tensão vai embora logo!

*Quem sabe meu humor esteja melhor no próximo post!